Put Some Farofa-Gregório Duvivier

IMG_7414
Heyyyyy
Então gente hoje eu vim resenhar o livro Put Some Farofa do Gregorio Duvivier ❤️para vocês.

Esse livro contém vários textos publicados na Folha de S.Paulo, e enquetes escritos para o Porta das Fundos ( canal dele no YouTube com outras pessoas que eu amo também ) e outros inéditos. Muitas dessas memórias e crônicas falam sobre pensamentos do autor e sua infância de uma maneira bem-humorada!

IMG_7415
Eu amei muito o livro! Acho que li até bem rápido, porque sou do tipo de pessoa que demora bastante para acabar um livro, posso dizer que eu me envolvi bastante com o ele! O livro é super engraçado! Sou muito difícil de rir com livros, até porque sempre vou mais para o romance, e houve horas que eu me pegava tendo um ataque de risos durante a minha leitura 😂.

IMG_7410
Sobre a edição, da editora Companhia das Letras, achei boa, o livro é de capa mole – com as páginas macias e fáceis de passar, a letra tem um tamanho bom, nem muito pequena e nem muito grande. Fiquei apaixonada pela capa! Quando vi pela primeira vez na livraria pensei: “Eu preciso comprar esse livro!! Além de ser do Gregorio tem uma foto mega fofa dele em um banco segurando uma placa com o título!”

IMG_7409

Bem, é isso pessoal hehe. Amei demais o livro, super indico, e espero que gostem!

Ah, alguém aí já leu? O que achou?

Bjokas Carol 🙂

Anúncios

Séries curtas para assistir

Olá! Olha, eu sou uma pessoa meio fanática com séries, portanto eu já vi muitas. Eu estou sempre procurando novas séries para ver no Netflix. E houve uma fase minha na qual eu só vi série com uma ou duas temporadas com 13 episódios, e ai eu vi várias num período de tempo muito curto. Então, caso você queira tentar esse esquema, aqui vai uma lista:

Awake (1 temporada, 13 episódios)

É a história de um detetive, que após um acidente em um carro com sua mulher e seu filho, um deles morre, porém toda vez que ele dorme e acorda é um diferente que sobreviveu. A série se passa com ele vivendo duas realidades diferentes e tentando descobrir qual é a verdadeira. É uma série muito boa! O chato é que ela era para ser mais longa, mas foi cancelada e adaptaram o final, um final que deixa você um pouco no ar.

The Lost Room (1 temporada, 3 episódios [longos])

Alguns dizem que foi deus, alguns dizem que foi o destino, mas por algum motivo um quarto de motel se torna mágico. Um quarto que todos seus objetos dentro dele são objetos comuns, porém fora possuem determinados poderes. A história começa quando um detetive durante um caso acha uma chave, uma chave que quando posta em qualquer porta te leva ao mesmo quarto. Quando aberta a porta e alterado algo dentro no quarto, após fechada a porta, é como se o quarto reiniciasse, o que não pertence desaparece e o que pertence volta a seu devido lugar. E a filha de tal detetive acaba entrando nesse quarto e desaparecendo. A série passa com ele tentando reunir todos os objetos do quarto espalhados pelo mundo, com o intuito de recriar “O evento” (aquele que deu criação ao quarto) e recuperar sua filha. Essa eu também amei! Mucho boa!

Orange Is The New Black (2 temporadas, 26 episódios)

Piper Chapman, que mora em Nova York é condenada a cumprir 15 meses numa prisão feminina federal por ter participado do transporte de uma mala de dinheiro proveniente do tráfico de drogas, em seu passado inicialmente misterioso. A série mostra o dia-a-dia nessa prisão.

Eu pretendo fazer outro post para esse não ficar grande (como a minha preguiça de fazê-lo). Tchau

;

Look: Jaqueta, All Star e BOOM!

IMG_6533.PNGPois é, o título tá horrível mas eu não consegui pensar em mais nada.

Enfim… Olá, pessoas! Hoje eu vim publicar o meu primeiro look do dia aqui no blog (yay!). É do mesmo dia do look da Carol e, como ela disse, estava bem quente. Por isso, coloquei uma das minhas blusas favoritas que também é bem fresquinha e um short. Eu ia levar a jaqueta (meu casaco preferido *-*) porque aonde a gente ia tinha ar-condicionado, mas no final das contas esqueci em casa. Esse tênis e essa bolsa são aquelas peças que eu uso pra tudo e com tudo, então acabaram indo parar no look. 🙂
E a pulseira é na verdade um colar que ganhei de uma amiga (brigada, Amanda!). É a coruja de Atena/Minerva então a semideusa aqui amou ❤ nhá (Percy Jackson reference, caros mortais ; )

Okay, finalmente… FOTOS!

IMG_6519-1.PNGIMG_6527-1.PNGIMG_6526-0.PNGIMG_6529.PNGIMG_6530-0.PNGIMG_6525-1.PNGIMG_6528.PNGIMG_6534.PNGIMG_6531.PNGIMG_6532.PNG

Jaqueta: Forever 21
Blusa: Urban Outfitters
Short: H&M
Tênis: Converse
Bolsa: Lojinha de rua da Itália que não lembro o nome
Pulseira/Colar: Lojinha de algum museu

Fotos: Carolina Nery

Paper Towns – John Green

IMG_6389.JPGOlá, pessoas. Vim fazer a minha resenha de Paper Towns (ou Cidades De Papel) do John Green!

Esse foi o quarto livro que li dele e acho que foi o que mais gostei. É um livro pra cima (ou então não pra baixo) e o li no momento perfeito para ele na minha vida.

Enfim, o livro é sobre Quentin, que sempre teve uma paixonite pela sua vizinha Margo Roth Spielgelman, uma garota muito, bem, Margo. Uma noite, ela o invade o seu quarto e o chama pra fazer parte de um plano de vingança. E ele vai. Só que, no dia, seguinte, Margo sumiu, e Quentin acha pistas que podem levar ao seu paradeiro. Então, ele começa a buscá-la e isso o leva a se perguntar quem ela realmente era.

Cara, eu amei o livro. Ponto. Sei explicar não. O livro também tem muitos questionamentos e faz pensar. Eu gostei disso.

Vai leeeeeeeeeeer.

Eu também amei a capa. E o espaçamento e o tamanho da fonte são ótimos mas as páginas são acinzentadas. Blé. Ah, a minha edição é da Bloomsbury e é em inglês.

É isso, gente.

Alguém já leu? Me conta o que achou!

Beijos, beijos,
Paloma 🙂

Melodia Mundial – Libano (Porque todo mundo que é legal tem a ver com o Libano)

Olá! Então, eu não nasci no Libano nem nunca fui lá (embora queira muito), mas minha família por parte de pai é Libanesa. Ela migrou há algumas gerações para o México e só então para o Brasil. E recentemente eu venho descobrindo que muita gente que eu curto é de lá (seja ator, músico etc.), o que me fez chegar a conclusão (levando em consideração a mim mesma, claro) que “Todo ser bacana tem a ver com o Libano”. Considere esse o meu teorema. Aqui uma pequena lista para comprovar:

  • Eu
  • Keanu Reeves

Quot erat demonstrandum

E além disso música árabe em geral tende a ser legal. É um estilo de música que eu gosto. Mas vamos direto ao assunto e vamos aos cantores e bandas.

Mika

Começaremos com o familiar para ir se a acostumando com a idéia. Sim! Mika é libanês! É, essa também foi a minha reação.

Serj Tankian

Mas conhecido como vocalista de System of a Down, Serj assim como o baterista da mesma banda, John Dolmayan, é Libanês. Enjoy.

Yasmine Hamdan

Participou da trilha sonora do filme “Amantes Eternos”

Soap Kills

Banda composta por Yasmine Hamdan (Aqui em cima ^ ) e Zeid Hamdan

Bom, é isso. Tchau!

Yulin Kuang

Não sei quanto tempo faz (talvez um ano, ou seis meses) que conheci, no blog Serendipity, o canal da Yulin Kuang, mas, desde então, me apaixonei pelos filmes dela. Por quê? Eles são maravilhosos.

No momento, eu estou viciada no mundo do curta I Ship It (um dos meus preferidos – vocês vão saber o porquê quando assistirem). Vou colocar esse e outros filmes dela abaixo para vocês conhecerem! Tomara que vocês gostem! Ah, é em inglês mas é tranquilo de entender e é mais uma forma de treinar.

Se quiserem seguir a Yulin:
YouTube Instagram Facebook Twitter Tumblr
E este aqui – Patreon – é pra quem quiser contribuir com dinheiro.

O que vocês acharam?? Contem nos comentários!

Beijos,
Paloma 🙂

Look: Saia preta com blusa do Johnny Depp

2015/01/img_6450-2.jpg
Oii povo lindo do meu coração! Então hoje tava esse calor insuportável ( porque aqui não neva bsuavstsv 😩 ) e eu decidi fazer esse look com a minha saia que eu não largo por nada da Forever 21, provavelmente vocês ainda vão ver muitas fotos minhas usando ela… Para combinar decidi usar a minha blusa da Budha Khe Rhi com estampa de vários personagens do Johnny Depp, só pra avisar eu sou mega fã dele. Para dar uma “alegrada” coloquei a minha alpargata da Perky. Esse anel era da minha mãe, que comprou em uma feirinha na Itália. As pulseiras comprei em uma feirinha de Buenos Aires do bairro Palermo Soho. A bolsa eu peguei emprestada da Paloma que provavelmente vai falar aonde ela comprou. Espero que gostem hehe!

2015/01/img_6437.jpg

2015/01/img_6435.jpg

2015/01/img_6434.jpg

2015/01/img_6452-0.jpg

2015/01/img_6458-0.jpg

2015/01/img_6460-0.jpg

2015/01/img_6467-0.jpg

2015/01/img_6463-0.jpg

2015/01/img_6473-0.jpg

2015/01/img_6468-0.jpg

Fotos: Paloma